25 de set de 2007

QUAL A SUA CONDUTA?

Ainda com referência ao paciente anterior (Lhasa Apso), considerando a mielografia abaixo e que o animal apresenta retenção urinária,

1) Quais as opções de tratamento?


2) qual o tratamento mais indicado?


3) qual o prognóstico para recuperação do paciente, qual a ordem para esta ocorrer (seqüência de retorno às funções) e o tempo estimado para isso?

2 comentários:

  1. Mônica, é a primeira vez que estou entrando nos seu blog e o achei maravilhoso! Parabéns pela grande idéia e pelo esforço em ajudar outros profissionais a aumentarem seus conhecimentos.
    Obs: peguei o endereço do blog no curso de Emergências de Botucatu.
    Um abraço,
    Marcia

    ResponderExcluir
  2. Katy N. Rossetto, Luciana C. C. Lacerda.3 de outubro de 2007 12:25

    1) As opções de tratamento, considerando-se que o paciente possui uma DDIVTL de grau 4, de emergência cirúrgica, são: hemilaminectomia, pediculectomia ou laminectomia. Além disso, deve-se realizar cuidados pós operatórios, que são importantes para o sucesso da cirurgia, como: analgesia (AIÑES ou relaxantes musculares); esvaziamento vesical (manual ou cateterismo intermitente, evitar cistite); troca de decúbito, local acolchoado e limpo; fisioterapia, massagem, exercício suporte para locomoção; alimentação e reavaliações periódicas.

    2) O tratamento mais indicado é a hemilaminectomia, pois preserva melhor as integridades estrutural e mecânica da espinha, é menos traumática, é mais cosmética e reduz a chance de formação de cicatriz causando compressão da medula espinhal.

    3) O prognóstico é bom, com retorno funcional primeiramente da micção, seguido da movimentação dos membros posteriores e da propriocepção. O tempo estimado para recuperação total das funções é de aproximadamente 15 dias.

    ResponderExcluir