29 de mar de 2007

LESÃO MEDULAR EM CÃES E GATOS

A lesão medular é uma ocorrência séria em seres humanos e animais, podendo comprometer irreversivelmente as funções motoras e sensoriais. Por se tratar de um problema de saúde pública na Medicina Humana (alto índice de acidentes de trânsito principalmente), muitas pesquisas são realizadas com o objetivo de encontrar uma substância que favoreça a regeneração do tecido nervoso, daí as pesquisas intensas que vêm sendo realizadas com células tronco entre outras.

Em um levantamento do número de casos atendidos pelo Projeto de Extensão em Neurologia Animal, no Hospital Veterinário da UEL, constatou-se que as fraturas/luxações da coluna vertebral e/ou o trauma medular tiveram uma incidência de 17% de todos os casos neurológicos atendidos.

Na Medicina Veterinária, alguns tipos de fraturas e luxações da coluna podem ser corrigidas através de cirurgias, com prognóstico variável para o retorno da locomoção, dependendo do grau de lesão que a medula tenha sofrido.
O ideal é a prevenção da ocorrência dese tipo de lesão, pois a maioria acontece quando os animais estão andando sozinhos pelas ruas e são atropelados ou sofrem algum tipo de agressão física.

Assim, em 2004 o Projeto, lançou um folheto de orientações contendo informações aos proprietários de animais.
Este folheto, cuja autora principal foi a acadêmica Letícia Tortola (hoje mestranda da FCAV - Jaboticabal), tem como objetivo explicar: a diferença entre coluna vertebral e medula espinhal, as causas de lesão medular, os sintomas, o que o proprietário deve fazer e a forma principal de prevenção da lesão medular.

Em caso de atropelamentos ou outros tipos de trauma com suspeita de lesão medular, o animal deve ser colocado sobre uma tábua ou suporte plástico, e fixado sobre a mesma com tiras de fita adesiva para evitar maiores danos à medula espinhal. O animal deve ser levado imediatamente ao veterinário.












Um comentário:

  1. Oi Profª Mônica, em primeiro lugar gostaria de parabenizar a iniciativa de informar e orientar as pessoas em relação aos assuntos referentes a neurologia animal!!
    Em segundo, dizer que me tornarei uma frequentadora assídua deste blog, uma vez que adoro este assunto e sempre é bom poder aprender um pouco mais, ainda mais qdo podemos contar com a orientação de uma pessoa tão gabaritada para discutir sobre o assunto.
    Ah, gostaria de dizer tb que fiquei mto feliz em ver o folder que contou com a colaboração da Letícia no blog.
    Mais uma vez parabéns!!!

    ResponderExcluir